Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário de Campo

Um blog que junta o entusiasmo pela fotografia com o fascínio pela Natureza. O objetivo é continuar a aprender através da observação e partilha.

Diário de Campo

Um blog que junta o entusiasmo pela fotografia com o fascínio pela Natureza. O objetivo é continuar a aprender através da observação e partilha.

A ave mais elegante da Área Metropolitana de Lisboa

09-2021-DSC_5608.jpg

O seu smoking branco e o bico recurvado tornam-na numa das aves mais elegantes e imediatamente reconhecíveis no estuário do Tejo. Avistei-a, pela primeira vez, em janeiro de 2020, no perímetro do EVOA (Vila Franca de Xira), e voltei agora a vê-la junto à zona ribeirinha da Póvoa de Santa Iria, que se tornou um dos meus locais preferidos para passear junto ao Tejo. 

11-2021-DSC_9582.jpg

Segundo o inaturalist.org, o estuário do Tejo é, precisamente, uma das duas zonas em Portugal onde esta ave limícola se concentra em maior número para passar o inverno (a outra zona é o estuário do Sado). 

11-2021-DSC_9590.jpg

A possibilidade de avistar espécies tão originais e bonitas é uma das mais recentes contrapartidas que passei a associar à chegada do inverno.

8 comentários

Comentar post